30.1.05

O VISÍVEL E O INVISÍVEL


OMRAAM MIKHAEL AIVANHOV

É evidente que o homem está melhor preparado para o trabalho material do que para o trabalho espiritual, pois os instrumentos que ele possui para agir sobre a matéria, os cinco sentidos, estão muito mais desenvolvidos que os instrumentos que lhe permitem ter acesso ao mundo espiritual. Aliás é por isso que muitos daqueles que enveredam pela via da espiritualidade têm a impressão de não chegar a lado nenhum e acabam por perder a coragem.
Tantas pessoas dizem: “Que trabalho é este, cujas realizações nós nunca vemos? Quando trabalhamos no plano físico, ao menos, obtemos resultados: há qualquer coisa que muda, que se constrói ou se destrói. Mesmo um trabalho intelectual tem resultados visíveis: tornamo-nos mais instruídos, mais capazes de raciocinar, de nos pronunciarmos sobre este ou aquele assunto.” Sim, tudo isso é verdade. Vós quereis construir uma casa, por exemplo: ao fim de algumas semanas, a casa lá está, visível, tangível; mas se quiserdes criar qualquer coisa no plano espiritual ninguém verá nada, nem vós nem os outros.
Então, perante tal incerteza, pode acontecer que comeceis a duvidar, a ponto de deixardes tudo e vos lançardes, como toda a gente, numa actividade em que seja fácil constatar resultados. Podeis fazê-lo mas um dia, mesmo no meio dos maiores sucessos, sentireis que, interiormente, há algo que vos falta. É inevitável, pois não chegastes ao essencial, ainda não plantastes o que quer que seja no domínio da luz, da sabedoria, do amor, do poder ou da eternidade.

poderes do pensamento de "Omraam Mikhael Aivanhov"



29.1.05

A RAIVA COMBATIDA COM RAIVA


KRISNAMURTI

P - Você disse que um homem que confronta a raiva com raiva se torna raiva. Você quer dizer que quando combatemos a crueldade com as armas da crueldade nós também nos tornamos o inimigo? Mas, ainda assim, se não nos protegermos, os bandidos irão nos abater.

K – Certamente a coisa que você combate você se torna. (Tenho que explicar isso também? Tudo bem.) Se estou com raiva, e você vem ao meu encontro com raiva, qual é o resultado? Mais raiva. Você se tornou aquilo que sou. Se eu sou mau e você me combate com o mal, então você também se torna mau, por mais que você possa se sentir correto, justo. Se eu sou brutal e você usa métodos brutais para me ultrapassar, então você se torna brutal como eu. E isto nós estivemos fazendo por milhares de anos. Certamente existe uma abordagem diferente do que ir de encontro ao ódio com ódio. Se uso meios violentos para aquela raiva dentro de mim, então estou usando meios errados para um fim correto e, desta forma, o fim correto deixa de ser. Nisto não há entendimento; não existe nenhum transcender da raiva. A raiva é para ser estudada com tolerância e entendida; não é para ser superada através de meios violentos. A raiva pode ser o resultado de muitas causas e sem compreendê-las não há escapatória da raiva.
Nós criamos o inimigo, o bandido, e ao nos tornarmos o inimigo, não há de forma alguma um fim da inimizade. Temos que entender a causa da inimizade, e parar de alimentá-la com nosso pensamento, sentimento e ação. Esta é uma tarefa árdua, que exige constante autopercepção e flexibilidade inteligente, pois o que somos a sociedade, o Governo, é. O inimigo e o amigo são o resultado de nosso pensamento e ação. Somos responsáveis por criar inimizade, e assim é mais importante estarmos percebendo nosso próprio pensamento e ação que estar preocupado com o inimigo e o amigo, pois o pensar correto coloca um fim à divisão. O amor transcende o amigo e o inimigo.

P-PERGUNTA
K-RESPOSTA

Krishnamurti, Ojai, 21/05/1944; colocado em 29/01/05 no site www.krishnamurtisemc.hpg.com.br)

25.1.05

ESTE IMPERADOR.....


Marco Aurélio


Este imperador romano ou "andou lá" ou esteve "muito perto".



Há quem procure lugares de retiro no campo, na praia, na montanha; e acontece-te também desejar estas coisas em grau subido. Mas tudo isto revela uma grande simplicidade de espírito, porque podemos, sempre que assim o quisermos, encontrar retiro em nós mesmos. Em parte alguma se encontra lugar mais tranquilo, mais isento de ruídos, que na alma, sobretudo quando se tem dentro dela aqueles bens sobre que basta inclinar-se para que logo se recobre toda a liberdade de espírito, e por liberdade de espírito, outra coisa não quero dizer que o estado de uma alma bem ordenada. Assegura constantemente um tal retiro e renova-te nele. Nele encontrarás essas máximas concisas e essenciais; uma vez encontradas dissolverão o tédio e logo te hão-de restituir curado de irritações ao ambiente a que regressas.

Marco Aurélio (Imperador Romano), in 'Pensamentos'

21.1.05

PENSAMENTOS DE BUDA




DESEJO

O desejo é um cavalo doido que galopa, insaciável, por pradarias intermináveis.

Autor: Buda


CONDICIONAMENTO HUMANO

A mente é um macaco pulando de galho em galho, em busca do fruto, na selva do condicionamento humano.

Autor: Buda



PRÁTICA DE MEDITAÇÃO

"Meditação traz sabedoria; falta de meditação nos deixa na ignorância. Saiba bem o que o conduz adiante e o que o segura atrás, e escolha o caminho que conduz à sabedoria."

Autor: Buda


A CONQUISTA DE SI MESMO

"Embora um homem saia mil vezes em batalha contra mil homens, só quando conquista a si mesmo é o maior dos conquistadores".

Autor: Provérbio Budista


PACIÊNCIA E PERSEVERANÇA

"No fim do caminho está a liberdade. Até lá, paciência."


Autor: Buda


20.1.05

NO SILÊNCIO


KRISNAMURTI


No silêncio da noite profunda...
No silêncio da noite profunda e na quietude da manhã tranqüila, quando o sol está tocando as colinas, existe um grande mistério. Ele está aí em todas as coisas vivas. Se você se sentasse embaixo de uma árvore, iria sentir a velha terra com seu incompreensível mistério. Numa noite tranqüila quando as estrelas estão claras e próximas, você iria perceber o espaço se expandindo e a ordem misteriosa de todas as coisas – do imensurável e do nada, do movimento das colinas escuras e do piado de uma coruja. Neste total silêncio da mente, este mistério se expande sem tempo nem espaço.
(...) A experiência é a morte deste mistério incomunicável. Para estar em comunhão com ele, a mente – o todo de você - deve estar no mesmo nível, ao mesmo tempo e na mesma intensidade disso que é chamado misterioso. Isso é amor. Com ele todo o mistério do universo se abre.

(K’s Journal, pg 91 – 10/04/75; colocado em 09/10/04 no site

(www.krishnamurtisemc.hpg.com.br)

19.1.05

ORAÇÃO


JOEL S. GOLDSMITH

Apenas aqueles que estão dispostos a abandonar todos os seus conceitos de Deus, a deixar de sonhar, de pensar e de se implicarem em projectos, podem, graças a este abandono total, deixar Deus revelar-Se a SI Mesmo.

Meu Deus, eu não sei quem Tu és nem sei mesmo como dirigir-Te a minha oração. Não sei como começá-la nem como terminá-la; não sei o que pedir-Te.

Não posso acreditar no Deus que o mundo aceitou, porque constatei a esterilidade e a frustração que resultam desta fé cega. Devo encontrar o Deus que nenhum homem conhece, o Deus que é, o Deus verdadeiro, que criou este universo à Sua imagem e à Sua semelhança – perfeito, harmonioso e completo – e que o mantém e sustenta na sua perfeição infinita e eterna. Nesse Deus, eu posso acreditar.

Pai revela-Te; faz-me conhecer a Tua vontade. Jamais voltarei a desonrar-Te, tentando que faças parte daquilo de que tenho necessidade e tentando, em seguida, obrigar-Te a dar-me isso. Jamais esperarei de Ti que faças a minha vontade ou obedeças às minhas ordens – como se Tu fosses o meu moço de recados.

Coloco a “minha” vida, a “minha” mão, o “meu” ser e o “meu” corpo sob a Tua guarda. Pai, faz o que quiseres. Toma os meus pecados, os meus medos e as minhas doenças; toma a minha saúde e as minhas riquezas. Toma tudo. Uma única dádiva Tua me basta – o dom de Ti – Tu mesmo.


Joel Goldsmith

17.1.05

ENTREGA-TE


RAMANA MAHARSHI Posted by Hello


ENTREGA-TE SEM RESTRIÇÕES AO PODER QUE TE HABITA E ESSE PODER SE REVELERÁ A TI.
SE TE ENTREGARES COMPLETAMENTE, NÃO HAVERÁ MAIS NINGUÉM PARA PERGUNTAR O QUE QUER QUE SEJA OU PARA SE PREOCUPAR COM QUALQUER QUESTÃO.

RAMANA MAHARSHI


"A consciência do corpo é o 'Eu' errado. Desista desta consciência-corpo. Isto é feito através da busca da fonte do 'Eu'. O corpo não diz 'Eu sou'. É você quem diz 'Eu sou o corpo'. Descubra quem é este 'Eu'. Procurando a sua fonte, ele irá desaparecer. Seja o que você é. Não existe nada para ser manifestado. Tudo o que é necessário é a perda do ego. A verdade de si mesmo é a única que vale a pena ser buscada e conhecida. Realização não é nada a ser adquirido. Ela está sempre aí, mas obstruída por uma tela de pensamentos. Todos os seus esforços devem ser dirigidos para a superação desta tela, e então a realização é revelada. Realização é simplesmente a perda do ego. Destrua o ego pela procura da sua identidade. Uma vez que o ego não é nenhuma entidade, ele automaticamente desaparecerá, e a realidade irá brilhar por si mesma. Este é o método directo, enquanto todos os outros se concretizam somente através da retenção do ego"

RAMANA MAHARSHI

12.1.05


gnose Posted by Hello

QUE É GNOSE?


Gnose é uma palavra que tem sua origem no Grego ( gnosis ) e significa Conhecimento. O estudante Gnóstico busca o Conhecimento Superior que pode ser encontrado na Arte, na Filosofia, na Ciência e na Religião ( Religare ). ”. Gnóstico portanto é um conhecedor ou aquele que sabe ou que detém o conhecimento.

Na verdade gnose tem um significado muito mais amplo e abrangente, uma vez que este termo serve também para designar as correntes filosóficas e espirituais que floresceram no início da era cristã, cujos adeptos proclamavam serem detentores dos ensinamentos secretos que Jesus Cristo o “Salvador”, passou aos discípulos mais próximos.

No entanto devemos esclarecer que a gnose em si mesma transcende a era cristã. Trata-se de um conhecimento tão antigo quanto o próprio homem, cuja origem se perde na noite dos tempos, proveniente das regiões superiores da natureza.

“Da maneira como os gnósticos usam o termo (gnosis), podemos traduzi-lo por percepção interior, já que a gnose envolve um processo intuitivo de auto-conhecimento. E conhecer-se, é conhecer a natureza humana e o destino do humano é compreender: quem éramos e quem nos tornamos; onde estávamos... para onde nos precipitamos; do que estamos sendo libertos; o que é o nascimento e o que é o renascimento.

Auto-conhecimento , auto-gnose implica a aniquilação do Eu como trabalho prévio, urgente e inadiável. O Eu, o Ego é constituído de adições e subtrações de elementos subjetivos, que, como é evidente, têm um princípio e um fim. Com a dissolução do Eu, a essência, a consciência desperta, ilumina-se e liberta-se, sobrevindo então como consequência ou corolário o Auto-conhecimento, a Auto-gnose.

Porém conhecer-se no nível mais profundo é simultaneamente conhecer Deus; esse é o segredo da gnose”.

7.1.05

O QUE É O HOMEM?


o homem Posted by Hello

É um Eu Divino, uma Centelha ou Mónada da (na) Divindade Universal, um Ser Espiritual que, para realizar certas experiências e desdobrar os modos de expressão da Consciência Divina que tem latente, está envolto em formas materiais. À medida que o trabalho evolutivo do Ser Humano vai sendo completado, as formas são reabsorvidas no Homem Espiritual que as emanou e ele, por sua vez - tendo manifestado, através de si, a Glória da Luz Divina - retorna ao Centro Divino do Universo, o Grande Espíirito em que todos os Espíritos se contêm e comugam.
Assim, o Homem constitui um traço de união entre a Matéria e o Espírito, durante o longo ciclo em que o Espírito ( para tomar Consciência objectiva de si próprio) se espelha nas formas materiais.

(Do livro "LUZES DO OCULTO" do Centro Lusitano de Unificação Cultural)